Nossos parceiros do prazer

Muitas pessoas perguntam como fazer para melhorar o sexo com o parceiro. E nas respostas a masturbação é aspecto marcante.

Por esses motivos acredito ser pertinente abordar com mais profundidade esse tema. Serão abordados 3 aspectos da masturbação:

  1. A masturbação como forma de conhecer o próprio corpo
  2. Melhorando a relação com a masturbação a dois
  3. Dicas de como se deve masturbar uma mulher

1. A masturbação como forma de conhecer o próprio corpo

A masturbação é o momento em que a mulher pode simplesmente esquecer da vida, pensar apenas nos seus desejos mais íntimos, nas suas fantasias, se "isolar" da vida lá fora. Nesse momento a mulher está livre de pudores ou preconceitos, preconceitos da sociedade, ou até mesmo, de seu parceiro.

É na intimidade da masturbação em que a mulher pode ser ela mesma integralmente, apenas ela, seus pensamentos, seus desejos e seu corpo. Na masturbação não há "pneus", não há gordura fora do lugar, não há celulite, ou seja, não há imperfeições...existe apenas um corpo cheio de tesão e sedento por prazer.

É na busca por saciar esse prazer que a mulher começa a se conhecer, a descobrir seu corpo e suas reações. É no toque das mãos, é no toque dos dedos sobre a pele macia, é no degustar do seu próprio gosto, é na ousadia da intimidade em que a mulher descobre como tirar o máximo de prazer de cada toque, descobre cada reação, descobre qual a pressão que se deve massagear o clitóris, qual a velocidade das carícias, se gosta ou não gosta que apertem com força seus seios, descobre como é gozar explorando e sentindo o próprio corpo.

É na intimidade da masturbação em que a mulher descobre como ter prazer e, principalmente, como se dar prazer.

A partir do momento em que a mulher descobre como se dar prazer ela está pronta para orientar seu parceiro na melhor forma de tocá-la fazendo com que o prazer seja o mais intenso possível. Ela estará apta em dizer como gosta e como não gosta de ser tocada...tendo esse conhecimento o sexo tende a ser muito, mas muito mais prazeroso.

2. Melhorando a relação com a masturbação a dois

Algumas mulheres ficam envergonhadas em praticar a masturbação junto ao seu parceiro, umas por vergonha do corpo, outras por acharem que o seu parceiro não vai gostar, outras por não considerarem uma atividade que deva ser compartilhada...

Dentre tantas dúvidas e sentimentos eu acredito que ao menos uma delas deva ser esclarecida indubtavelmente: A maioria dos homens gostam de ver a mulher se masturbando, eles se excitam em ver a própria mulher sentindo prazer, eles gostam de apreciar o corpo feminino em movimento, ouvir os gemidos, vidrar nas feições de extase beirando o orgasmo. Tem dúvidas ? Pergunte ao seu parceiro !

A masturbação a dois abre caminhos para a imaginação e, quem sabe, para a realização. Fantasiar cenas e/ou situações que expressem os desejos associados as reações do corpo durante a masturbação é uma excelente forma de descobrir se essas fantasias excitam e despertam desejos. E se excitam, por que não realizá-las?

É durante a masturbação a dois que se pode fantasiar de uma forma participativa e colaborativa, colhendo informações e desejos imediatos sobre como seria transar na sala do escritório sobre a mesa, transar em público, transar a três ou até mesmo como seria transar numa praia deserta sob a luz do luar em uma noite de céu estrelado.

Quando se fantasia a dois os detalhes são os mais próximos do real, já que os dois estão montando juntos a cena, estão opinando, estão deixando transparecer seus desejos. Conhecer o desejo do parceiro e fazer com que seu parceiro conheça os seus desejos faz com que a relação seja muito mais próxima e prazerosa.

A masturbação a dois oferece essa possibilidade, não digo que será de primeira que o casal conseguirá expressar seus desejos mais íntimos, já que isso requer outros atributos como confiança e respeito, mas com o tempo e com a prática, expressar os desejos deixará de ser um empecilho e começará a ser fator determinante para melhorar e apimentar a relação.

Outro aspecto importante da masturbação a dois é que ela permite ousar em lugares inusitados, é possível praticar a masturbação no cinema com pessoas por perto, no carro durante o trânsito, na balada, na praia dentro do mar ao pleno luz do dia. A masturbação atrelada a criatividade e um pouco de ousadia abrem infinitas possibilidades de melhorar a relação. Basta querer !

3. Dicas de como se deve masturbar uma mulher

Ao meu ver não existem regras irredutíveis a serem seguidas, pois cada mulher sente prazer de uma forma, o prazer varia muito de mulher para mulher. No entanto existem algumas sugestões de como fazer para surpreende-la.

Todas as mulheres, diferentemente dos homens, se excitam muito mais com o ambiente, com a situação, com o toque do que com estímulos visuais.

A primeira sugestão e a mais importante é: Trabalhe bem o aspecto do ambiente, certifique-se que ela esteja confortável, não me refiro em "estar confortável" somente a uma cama quente e fofa, mas sim que ela se sinta segura, que o ambiente lhe proporcione estímulos de excitação. Um ambiente confortável pode ser tanto um quarto iluminado a luz de velas quanto o estacionamento do shopping, a sensação de estar confortável é proporcional a confiança que a mulher tem no seu parceiro. O que quero dizer é que quanto mais confortável e segura a mulher estiver, maior vai ser seu estado de excitação.

Comecei abordando a excitação justamente porque não adianta ter pressa quando se trata de mulher, a melhor forma de se masturbar uma mulher é ir com calma, é sentir as reações do seu corpo. Ir com muita "sede ao pote" pode machucá-la e as chances de estragar a brincadeira são grandes.

Carícias leves por cima da calcinha, toques leves no clitóris já são um ótimo começo, assim que a mulher der os primeiros sinais de excitação, ou seja, ficando molhada está na hora de intensificar as carícias, ousar pressionar mais o clitóris, penetrá-la com o dedo, sempre atento as reações do corpo, o clitóris é muito sensível e dependendo da intensidade do toque pode proporcionar sensações desagradáveis.

Como descobrir se está desagradável ?


O melhor jeito de descobrir isso é perguntando, não há vergonha em perguntar se está bom ou se está ruim, ou como ela quer que seja feito, claro que não é preciso perguntar a cada 10 seg um pouco de sensibilidade faz parte do jogo. A mulher deve orientar o homem em como fazer, afinal as mulheres são diferentes uma das outras, as mulheres não devem ter vergonha de dizer como gostam de ser tocada, nada melhor do que uma mulher que sabe como se dar prazer.

A masturbação só se limita a carícias no clitóris?

Claro que não. As carícias no clitóris caracterizam a masturbação, mas a masturbação não está limitada só a isso. Junto ao contexto da masturbação existe o beijo na boca, o beijo no pescoço, o beijo na orelha, as mordidas nos lábios, os puxões de cabelo, os apertões na bunda, as mordidas leves nos seios, lambidas, sussuros, suor...tudo isso pode e deve ser feito durante a masturbação, nada melhor que a sensação do toque em todo o corpo para alcançar o extase.

Una o poder da fantasia, a sensação do toque e a sensibilidade do clitóris e explore seu prazer !

Veja um exemplo da masturbação como forma de relaxamento:
http://xhamster.com/movies/332583/study_break.html

A masturbação em 3 aspectos

Muitas pessoas perguntam como fazer para melhorar o sexo com o parceiro. E nas respostas a masturbação é aspecto marcante.

Por esses motivos acredito ser pertinente abordar com mais profundidade esse tema. Serão abordados 3 aspectos da masturbação:

  1. A masturbação como forma de conhecer o próprio corpo
  2. Melhorando a relação com a masturbação a dois
  3. Dicas de como se deve masturbar uma mulher

1. A masturbação como forma de conhecer o próprio corpo

A masturbação é o momento em que a mulher pode simplesmente esquecer da vida, pensar apenas nos seus desejos mais íntimos, nas suas fantasias, se "isolar" da vida lá fora. Nesse momento a mulher está livre de pudores ou preconceitos, preconceitos da sociedade, ou até mesmo, de seu parceiro.

É na intimidade da masturbação em que a mulher pode ser ela mesma integralmente, apenas ela, seus pensamentos, seus desejos e seu corpo. Na masturbação não há "pneus", não há gordura fora do lugar, não há celulite, ou seja, não há imperfeições...existe apenas um corpo cheio de tesão e sedento por prazer.

É na busca por saciar esse prazer que a mulher começa a se conhecer, a descobrir seu corpo e suas reações. É no toque das mãos, é no toque dos dedos sobre a pele macia, é no degustar do seu próprio gosto, é na ousadia da intimidade em que a mulher descobre como tirar o máximo de prazer de cada toque, descobre cada reação, descobre qual a pressão que se deve massagear o clitóris, qual a velocidade das carícias, se gosta ou não gosta que apertem com força seus seios, descobre como é gozar explorando e sentindo o próprio corpo.

É na intimidade da masturbação em que a mulher descobre como ter prazer e, principalmente, como se dar prazer.

A partir do momento em que a mulher descobre como se dar prazer ela está pronta para orientar seu parceiro na melhor forma de tocá-la fazendo com que o prazer seja o mais intenso possível. Ela estará apta em dizer como gosta e como não gosta de ser tocada...tendo esse conhecimento o sexo tende a ser muito, mas muito mais prazeroso.

2. Melhorando a relação com a masturbação a dois

Algumas mulheres ficam envergonhadas em praticar a masturbação junto ao seu parceiro, umas por vergonha do corpo, outras por acharem que o seu parceiro não vai gostar, outras por não considerarem uma atividade que deva ser compartilhada...

Dentre tantas dúvidas e sentimentos eu acredito que ao menos uma delas deva ser esclarecida indubtavelmente: A maioria dos homens gostam de ver a mulher se masturbando, eles se excitam em ver a própria mulher sentindo prazer, eles gostam de apreciar o corpo feminino em movimento, ouvir os gemidos, vidrar nas feições de extase beirando o orgasmo. Tem dúvidas ? Pergunte ao seu parceiro !

A masturbação a dois abre caminhos para a imaginação e, quem sabe, para a realização. Fantasiar cenas e/ou situações que expressem os desejos associados as reações do corpo durante a masturbação é uma excelente forma de descobrir se essas fantasias excitam e despertam desejos. E se excitam, por que não realizá-las?

É durante a masturbação a dois que se pode fantasiar de uma forma participativa e colaborativa, colhendo informações e desejos imediatos sobre como seria transar na sala do escritório sobre a mesa, transar em público, transar a três ou até mesmo como seria transar numa praia deserta sob a luz do luar em uma noite de céu estrelado.

Quando se fantasia a dois os detalhes são os mais próximos do real, já que os dois estão montando juntos a cena, estão opinando, estão deixando transparecer seus desejos. Conhecer o desejo do parceiro e fazer com que seu parceiro conheça os seus desejos faz com que a relação seja muito mais próxima e prazerosa.

A masturbação a dois oferece essa possibilidade, não digo que será de primeira que o casal conseguirá expressar seus desejos mais íntimos, já que isso requer outros atributos como confiança e respeito, mas com o tempo e com a prática, expressar os desejos deixará de ser um empecilho e começará a ser fator determinante para melhorar e apimentar a relação.

Outro aspecto importante da masturbação a dois é que ela permite ousar em lugares inusitados, é possível praticar a masturbação no cinema com pessoas por perto, no carro durante o trânsito, na balada, na praia dentro do mar ao pleno luz do dia. A masturbação atrelada a criatividade e um pouco de ousadia abrem infinitas possibilidades de melhorar a relação. Basta querer !

3. Dicas de como se deve masturbar uma mulher

Ao meu ver não existem regras irredutíveis a serem seguidas, pois cada mulher sente prazer de uma forma, o prazer varia muito de mulher para mulher. No entanto existem algumas sugestões de como fazer para surpreende-la.

Todas as mulheres, diferentemente dos homens, se excitam muito mais com o ambiente, com a situação, com o toque do que com estímulos visuais.

A primeira sugestão e a mais importante é: Trabalhe bem o aspecto do ambiente, certifique-se que ela esteja confortável, não me refiro em "estar confortável" somente a uma cama quente e fofa, mas sim que ela se sinta segura, que o ambiente lhe proporcione estímulos de excitação. Um ambiente confortável pode ser tanto um quarto iluminado a luz de velas quanto o estacionamento do shopping, a sensação de estar confortável é proporcional a confiança que a mulher tem no seu parceiro. O que quero dizer é que quanto mais confortável e segura a mulher estiver, maior vai ser seu estado de excitação.

Comecei abordando a excitação justamente porque não adianta ter pressa quando se trata de mulher, a melhor forma de se masturbar uma mulher é ir com calma, é sentir as reações do seu corpo. Ir com muita "sede ao pote" pode machucá-la e as chances de estragar a brincadeira são grandes.

Carícias leves por cima da calcinha, toques leves no clitóris já são um ótimo começo, assim que a mulher der os primeiros sinais de excitação, ou seja, ficando molhada está na hora de intensificar as carícias, ousar pressionar mais o clitóris, penetrá-la com o dedo, sempre atento as reações do corpo, o clitóris é muito sensível e dependendo da intensidade do toque pode proporcionar sensações desagradáveis.

Como descobrir se está desagradável ?


O melhor jeito de descobrir isso é perguntando, não há vergonha em perguntar se está bom ou se está ruim, ou como ela quer que seja feito, claro que não é preciso perguntar a cada 10 seg um pouco de sensibilidade faz parte do jogo. A mulher deve orientar o homem em como fazer, afinal as mulheres são diferentes uma das outras, as mulheres não devem ter vergonha de dizer como gostam de ser tocada, nada melhor do que uma mulher que sabe como se dar prazer.

A masturbação só se limita a carícias no clitóris?

Claro que não. As carícias no clitóris caracterizam a masturbação, mas a masturbação não está limitada só a isso. Junto ao contexto da masturbação existe o beijo na boca, o beijo no pescoço, o beijo na orelha, as mordidas nos lábios, os puxões de cabelo, os apertões na bunda, as mordidas leves nos seios, lambidas, sussuros, suor...tudo isso pode e deve ser feito durante a masturbação, nada melhor que a sensação do toque em todo o corpo para alcançar o extase.

Una o poder da fantasia, a sensação do toque e a sensibilidade do clitóris e explore seu prazer !

Veja um exemplo da masturbação como forma de relaxamento:
http://xhamster.com/movies/332583/study_break.html

6 comentários:

  1. Post maravilhosoo...vc abordou todos os aspectos principalmente na masturbação a dois... Adoreiiiiiiii

    ResponderExcluir
  2. Nossa, gente andou fazendo a lição de casa hein danadão!? hahaha Vejamos quantas pessoas terão aproveitado suas dicas. Um beijo, Diabinho!

    ResponderExcluir
  3. eu queria mt que voce postasse dicas pra masturbar o homem, coisas bem quentes

    ResponderExcluir
  4. Acabo de descobrir seu blog; acho que já me tornei mais um leitor. Bjss

    ResponderExcluir
  5. "NÃO DESPREZE A MASTURBAÇÃO - É FAZER SEXO COM A PESSOA QUE VOCÊ MAIS AMA."(Woody Allen)

    ResponderExcluir